Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carta Fora Da Manga

Um espaço de coisas para dactilografar e hiperligar a gosto.

Carta Fora Da Manga

Um espaço de coisas para dactilografar e hiperligar a gosto.

13.Jan.20

American Beauty ]20 Anos[

André
  Não consegui ver esta "maratona" até ao fim de 2019 e tenho de ficar de bem com isso.   Há tanta coisa para ver e fazer que não deu para tudo.   Assim sendo, aqui fica a minha modesta apreciação do American Beauty.   Look at me, jerking off in the shower... This will be the high point of my day; it's all downhill from here.   Lembro-me de ver este filme enquanto adolescente e ter gostado bastante.   Realizado pelo Sam Mendes e vencedor de vários prémios como os Óscares (...)
10.Jun.19

Coisas boas que tenho visto

André
Ao tempo que já aqui não vinha!!   E nem sei bem porquê...   Acho que tenho simplesmente passado o meu tempo muito bem a procrastinar e a ver a vida passar.   Ando a praticar o meu tipo muito próprio de hedonismo, entre filmes, séries, livros e relações com a maltinha.   E venho hoje falar sobre algumas das coisas boas que tenho visto e recomendo.     The Keepers ]Netflix[ Uma mini-série documental em 7 partes sobre o assassinato de uma freira e os segredos que ainda existem (...)
08.Mai.19

Nannette

André
  Ando a tentar ver um especial de comédia por mês.   E já era mais que devido prestar atenção ao show da Hannah Gadsby: Nanette.   Acho que quem usa as redes sociais não pode ter deixado de reparar o quão foi discutido no ano passado por esses lados.   Eu também notei, mas só agora devido a esta vontade de ver mais comédia o vi. Deixo aqui algumas reflexões opinativas em formas de pontos.     Ponto 1: Não percebo tantas críticas negativas a este Especial.   Ponto 2: (...)
28.Fev.19

Matrix ]20 Anos[

André
  Continuo o desafio sugerido pelo Filmspotting.   Só vi o Matrix quando saiu em 1999 e não sou muito adepto de rever filmes: há tanta coisa boa para ver por aí que tento não repetir. Mas a oportunidade surgiu e foi tempo de quebrar com o hábito, e consequentemente irá ser a vez de terminar a trilogia e ver alguns extras.   Enquadrando o filme...   O Matrix foi o quinto filme mais visto de 1999.   Foi um marco na altura, com todas as questões que levantava e os efeitos (...)
12.Fev.19

Notorious RBG

André
    Tive que partilhar este documentário.  Foi a melhor coisa que vi este ano.  Justice Ruth Bader Ginsburg, agora com 85 anos, é uma figura de quem eu já tinha ouvido falar, mas não sabia praticamente nada sobre ela.Nomeada por Clinton para o cargo juíza do Supremo Tribunal dos EUA, foi uma das primeiríssimas juízas a atingir o mesmo.  To put women on exactly the same plane as men.  Defensora da (...)
07.Fev.19

O Sexto Sentido ]20 Anos[

André
  I see dead people   Fácil de adivinhar qual o filme, certo? Especialmente quando se intintula o post com o nome do filme...   Eu também conseguiria adivinhar o filme só com esta citação. Nem precisava de o ter visto.   E realmente não o tinha visto até há uns dias. Que falha, bem sei.   Mas o momento chegou, e consegui finalmente dar atencao a este filme. Ainda existem muitas mais falhas para colmatar mas não há vida que chegue para ver tudo o que de bom há para ver. Já (...)
02.Fev.19

Leituras De Início De Ano

André
Chegámos a Fevereiro !   O mês mais longo do ano já passou.   Quantas resoluções de ano novo já se perderam e foram espezinhas pelo esquecimento e preguiça. Um bem haja e até para o ano a elas.   Eu evito meter-me em resoluções porque não fui feito nem para ser elegante ou definido, e não ambiciono muito mais que um bom laró e uns pequenos prazeres aqui e ali.   E nesse contexto fiz uma pseudo-resolução para bem da minha carteira para este ano: comprar menos (...)
30.Jan.19

Sputnik Meu Amor

André
  Faz 20 anos que Harukami escreveu Sputnik Meu Amor.   Não foi de todo por esta efeméride que escolhi este como o primeiro livro do Harukami para ler. Acho que foi uma promoção que apanhei há algum tempo, e bora lá é que em ano novo é para experimentarmos algo novo. Ainda por cima tive a sorte de ser uma edição bem pequenina para transportar para o trabalho. Pena estar com o acordo ortográfico...   Gostei desta leitura: tem uma escrita muito bonita e fluída, e é um livro (...)