Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Carta Fora Da Manga

Um espaço de coisas para dactilografar e hiperligar a gosto.

Carta Fora Da Manga

Um espaço de coisas para dactilografar e hiperligar a gosto.

Coisas boas que tenho visto

Ao tempo que já aqui não vinha!!

 

E nem sei bem porquê...

 

Acho que tenho simplesmente passado o meu tempo muito bem a procrastinar e a ver a vida passar.

 

Ando a praticar o meu tipo muito próprio de hedonismo, entre filmes, séries, livros e relações com a maltinha.

 

E venho hoje falar sobre algumas das coisas boas que tenho visto e recomendo.

 

 

The Keepers ]Netflix[

tk.jpg

Uma mini-série documental em 7 partes sobre o assassinato de uma freira e os segredos que ainda existem 50 anos depois.

Fiquei viciado!

O ponto alto para mim foi o episódio II, mas a série toda está muito boa.

Tem momentos duros de se verem ]foi no episódio II também que para mim está o pico nessa dureza[, mas tem igualmente momentos de apreço pela humanidade, como as duas senhoras que decidem por elas continuar a perseguir este mistério tantos anos depois.

Com o passar do tempo, esta série vais buscar também o lado mau da Igreja Católica e....

Ups, já estou a falar de mais!!

Acho que passou por debaixo dos radares de muita gente, muito por culpa também de tanta qualidade da generalidade das séries actualmente.

 

Mommy Dead and Dearest ]HBO[

MDD.jpg

A premissa é a seguinte: uma mãe é assassinada pela filha.

Foi o meu documentário de Junho ]ando a tentar ver pelo menos um documentário por mês[  e que experiência foi! 

Tomei conhecimento deste documentário através da entrevista da realizadora Erin Lee Carr ao podcast Armchair Expert do Dax Sheperd, meti logo na lista e correu tão bem que agora vou ter continuar a ver a sua filmografia.

O início do doc foi supreendente e dei por mim a dar uns "ó" bem sonoros nos primeiros minutos.

Para espicaçar a curiosidade, fala muito sobre Münchhausen por procuração.

Soube depois que foi feita uma série com a Patricia Arquette sobre este história, mas tendo eu visto o documentário não estou interessado em ver algo ficcional sobre o assunto...

Fica a dica sobre as duas opções ;)

 

You ]Netflix[

you.jpg

Ando ainda a ver, por isso ainda não tenho uma opinião formada.

Até ao momento posso dizer que é uma série viciante como é bom apanágio da Netflix, mas tem um pouco daqueles problemas típicos deste tipo de séries: a cada episódio há alturas de tensão em que o "mau-da-fita" pode ser apanhado, mas sabemos bem que não pode acontecer nada ainda, senão a série acabaria logo ali.

Mas esquecendo essa parte, está a ser algo bem aprazível de ver depois de chegar do trabalho, nada que puxe muito pela mente.

De referir que You até foi falada no PBX da Inês Meneses e do Pedro Mexia, o que para mim é sempre um atestado de que alguma qualidade terá.

 

Frágil ]RTP[

Comédia trágica sobre três raparigas meio em pânico a viver em Lisboa
Uma atriz sem trabalho, uma pintora que não consegue pintar e uma estudante de marketing de Coimbra: os seus problemas financeiros e as dúvidas existenciais.

As três amigas vivem num mini apartamento desarrumado, onde têm de partilhar o espaço, a comida e todo o tipo de situações awkward e íntimas.

 

Esta websérie apanhou-me de surpresa.

Acho que para uma série feita por gente tão nova, tanto a representar como a escrever e a dirigir, está muito bem feita.

O que gosto mesmo são de alguns dos diálogos, porque para mim muitas frases ditas pelas personagens soam muito a verdadeiras e reconheço-me nalgumas.

Estas frases não vêm do nada e aparecem só pelo prazer de serem bonitas e serem bons soundbytes:  vêm das suas dificuldades financeiras e todas as dúvidas normais de gente em crescimento, e por isso para mim têm algum ponto de verdade.

Estou a acompanhar religiosamente, e a gostar imenso.

 

Como eu adoro recomendações, alguém quer recomendar alguma coisa?

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.